23/11/2010

Ses e porquês

Image and video hosting by TinyPic

Tento, às vezes, entender
Porque não sou entendida…
Não sei, não entendo
São as coisas da vida...
Certamente são para ser
Sentidas
Vividas
Não, entendidas!
São para não serem perdidas
Em ses e porquês
De quem não as vê
Ou simplesmente não sente.

Liz
23/11/2010

7 comentários:

vitorio disse...

a lua da montanha
gentilmente ilumina
o ladrão de flores

Issa

Anónimo disse...

Ola querida Liz!
LIndo o que escreves....como sempre...
Beijinhos amiga

Céu Rosário

manuel fernando disse...

Hola mi buena amiga, pasé por aquí para saludarte y también agradecerte por tus bonitos comentarios que siempre me dejas cuando me visitas. Bonita entrada, muchas veces no somos entendidos ni comprendidos por aquellos que están por encima del bien y de lo malo. Me encanta mucho como escribes tus poemas. Te deseo un feliz fin de semana lleno de sensaciones positivas. Un beso desde la distancia de tú amigo.

JoséManuelBarbosa disse...

Tantas vezes falta - direi - ousadia.
Ousadia sim, iluminação na câmara da massa cinzenta e, sobretudo, capacidade para compreender e aceitar o que nos é diferente
hostil, até!
Um privilégio, afinal, de pessoas que cresceram...

Deixo um imenso beijo
... o resto já tu sabes!

Anita de Castro disse...

Interesse é um ponto de exclamação ou de interrogação no final do sentimento
Quantas são as vezes que não nos entendemos

Anita de Castro disse...

A poesia é a voz das palavras e sentimentos que por vezes vivem no silêncio.

manuel fernando disse...

Hola mi buena amiga pasé por aquí para saludarte y también agradecer tus bonitos comentarios que siempre me dejas cuando me visitas. El amor es algo tan maravilloso que no se puede describir. Es tan bello y tan hermoso, que lo tienes que sentir en el corazón. Si deseas ser feliz, ama y si amas alguna vez, tendrás que sufrir por amor, porque sin amor para qué querer vivir. El amor y la amistad no necesitan palabras complicadas. Te deseo que pases un feliz fin de semana llenos de sensaciones positivas. Un beso desde la distancia de tú amigo.