13/10/2010

Queria

Image and video hosting by TinyPic
Queria tanto ser
Aquilo que não sou
Começar a viver
Onde o tempo parou
Onde não havia laços nem limites
E podia responder a todos os convites
Que o destino me roubou
Sem que eu pudesse contestar
Tal assalto inesperado
Era jogo já jogado
Ainda que não soubesse aceitar
No final, o resultado
Mas preciso de mim para viver
Não tenho alternativa
Que não seja abraçar a vida
E vestir-me para vencer
Já que não consigo passar
Sem aquilo que sei ser

Liz
26/10/2007
Enviar um comentário