18/10/2010

Não

Image and video hosting by TinyPic


Fingir sentir o que não se sente
Por medo, vergonha, sem porquê
Não usar o transparente
Não querer ver o que se vê
É recusar que se é gente,
Viver num dilema constante
É ir caindo lentamente
Sem achar quem nos levante
Não ter sonhos nem fantasias
Acabar com as alegrias
Fazer da vida uma amargura
Será isto loucura?
Ou inconsciência da razão?
Isso eu não sei responder
Mas sinto no meu coração
Que assim não quero viver
Quero sentir a emoção
A cada novo amanhecer

Liz
13/11/2007

Enviar um comentário