30/03/2018

Renovação

Pintura de Juliane Mercante


Em qualquer dia, como todos os dias, a vida renova-se. Renovam-se os propósitos, renovam-se as vontades, renovam-se as certezas e também as dúvidas. Renova-se a existência de uma vida mais ou menos vivida. Porque é assim, a grande proeza de viver: uma caminhada com avanços e recuos por percursos mais ou menos sinuosos. Decorrentes em felicidade, quando os passos são em frente. Envoltos em tristeza, quando é preciso voltar atrás.
É uma lição para se aprender aos poucos, sem importar quantos são os recuos. Porque não têm importância os passos dados atrás, se eles servirem para impulsionar o balanço que é preciso para ir mais além. Ou as paragens para descansar, porque é preciso retemperar as forças que nos movem.
Sonhos, fé, esperança… tantas são as vestes com que se apresentam. Cada qual para sua ocasião. Mas na verdade, são as forças que cada um descobre em si para o simples acto de viver.
São forças em constante renovação.




Enviar um comentário