14/04/2012

Estado de Espírito... Serenidade!



Com letras miúdas escrevi serenidade,

numa página em branco

do livro que o tempo me ofereceu.



Livro que escreverei com ele, o tempo!

Em momentos partilhados

com todas as emoções, sentimentos…



Sem que nunca deixe de acreditar,

quero sempre saber,

dar tempo ao tempo, para me ensinar!



Porque apenas ele, o tempo,

me consegue apaziguar, na dor, na euforia,

apenas ele traz essa acalmia.



A serenidade que o meu espírito aprecia…!


2 comentários:

Dina Rodrigues disse...

Liz, muito bonito! Desejo-te um fim de semana sereno, como tu aprecias...
Beijinho
Dina

JoséManuelBarbosa disse...

... que tantas vezes custa alcançar, a tal serenidade que envolve os corpos e as almas num todo indivisível e... indestrutível.

BEIJO!