24/04/2012

(im)Perfeição


Onde está a perfeição?
Será que ela existe…
alguém a tem?
Eu sei que não há ninguém perfeito
Ainda assim continuo a acreditar
Porquê, se eu própria não o sou?
Porque é que eu,
Que sou tão imperfeita,
Ainda acredito…
Em amores perfeitos, pessoas perfeitas,
Ideologias perfeitas…
Porque ser perfeito é
A perfeição de ser imperfeito!  

1 comentário:

Casimiro teixeira disse...

Querida Luisa, a perfeição será sempre fugaz, efémera vá! Assim o é, por natureza. Só os tolos a buscam. O melhor da vida, os seus mais preciosos tesouros, encontram-se naquilo que nem sempre parece verdadeiro, de tão belo que é. Na poesia imperfeita está o segredo mais completo da sua intemporalidade. Quem me dera poder roubar-to, mas não posso, está em cada um, está em ti, e os tolos nunca o conseguem ver. Que doçura estas tuas palavras.