30/06/2011

Como Se Cala o Pensamento?


Penso que não quero pensar
Não quero pensar nas coisas
Que me atordoam o pensamento
Mas ainda assim, penso
Em tudo o que não quero pensar
E volto a pensar no que já pensei
Irredutível pensamento
Que não para de pensar
Nos pensamentos que terei
Quando me passar esta vontade
De não pensar
E continuo a pensar…
Mas como é que se cala
O pensamento?


3 comentários:

Anita de Castro disse...

Olhando para os lugares vazios,fico em silencio enquanto observo o Irredutivel pensamento
É no meio do silencio que calo meu pensamento,porque não quero mais pensar
Um beijnho Liz

JoséManuelBarbosa disse...

Não se cala! Deixa-se que se esvaia e conforme veio... vai. Dando lugar ao seguinte. E assim por diante numa espiral que ora atordoa, ora amadurece... Beijo sentido e... bem pensado!

Bia Didi disse...

Ainda bem que não calamos o pensamento,Liz. É ele que nos acompanha e nunca nos deixa ficar sozinhas!!!às vezes gosto do que penso e outras vezes não gosto nada, mas prefiro tê-lo a "azucrinar-me" do que sentir o vazio...do nada!!! Jinhos