21/03/2014

Diz-se por aí...

Foto: Photodom.com

Diz-se por aí…
que hoje o dia é da poesia.
Eu… não sei se por desapego
ou se é por esta minha rebeldia,
não a sinto nem mais nem menos
que em qualquer outro dia.

Não sou poeta, não…
mas tenho dias que sou poesia.
Assim como sou mulher, menina,
amante… maré cheia, maré vazia.
Ou fases da lua que se harmonizam
em completa desarmonia.

É a alma que me encaminha
o espírito que se revela
nas mais audazes fantasias…! 



2 comentários:

teresa pires disse...

É este habitual sentir que deixas na tua escrita, esta doçura e paixão que imprimes em cada frase que constróis, envolvendo em cada parágrafo a alma de quem te lê, que me deixam sempre com um sorriso enorme. Beijocas minha querida

António Jesus Batalha disse...

Ao passar pela net encontrei seu blog, estive a ver e ler alguma postagens
é um bom blog, daqueles que gostamos de visitar, e ficar mais um pouco.
Tenho um blog, Peregrino E servo, se desejar fazer uma visita.
Ficarei radiante se desejar fazer parte dos meus amigos virtuais, saiba que sempre retribuo seguido
também o seu blog. Minhas saudações.
António Batalha.