20/12/2010

Um Conto de Natal

Image and video hosting by TinyPic


*•._ﻺﻍჱﻺჱﻺჱﻺﻍ_.•*

Quis escrever um conto de natal
Um conto de amor e fraternidade
com sentimentos de verdade
Mas as palavras não se soltaram
dos meus dedos encobertos
pela tristeza de um mundo indiferente
Um mundo aqui mesmo ao meu lado
de costas voltadas para o próprio mundo
Não há natal nesse mundo ausente
de paz, de amor, de serenidade…
Ofuscam-se as estrelas pelas cores
estridentes… reluzentes… da cidade

Mas… afinal eu só quis
escrever um conto de natal
E não vou desistir, não!
Não vou deixar que a tristeza
encubra os meus dedos cheios
de palavras a quererem transbordar
- Esperança, Amor, Paz, Fraternidade… -
para a folha de papel onde escrevo
os sonhos de um conto ideal
Conto onde as estrelas brilharão
sem se deixarem ofuscar pelas cores
estridentes desse mundo indiferente

*•._ﻺﻍჱﻺჱﻺჱﻺﻍ_.•*


Liz
19/12/2010
Enviar um comentário