10/07/2010

Que não é meu...


... é nos dias de tristeza que sei que ela não faz parte de mim, não é que alguma vez a tivesse sentido necessária mas há dias que ela chega e se instala na minha alma assim como que invadindo um território desprovido de defesa.
Algo está a mais em mim, um sentimento que não me pertence e que eu não quero cultivar, preciso apenas de um pouco de força para o expulsar...
... e continuar a ser eu, sem sentimentos que não me pertencem...!
Liz

Enviar um comentário